SOBREMUNDO

A   C O N C E P Ç Ã O

Nesta série, busco sem me preocupar em esgotar os questionamentos subsequêntes
a cada imagem, pois a cada uma delas, surgem muitas analises estabelecidas
sobre as fases e interpretações do Ato Fotográfico,  estas interpretações
provocam inúmeros embates ideológicos dos usos da fotografia
(sejam elas para os campos sociais, antropológicos ou artísticos),
levando seus argumentadores numa aspiral infinita.

Embora a captação seja digital, o pensamento destas imagens recalca-se
no ambientado do filme fotgráfico 35mm,  uma vez que a proposta
deste trabalho nasceu da ausência de um recurso da câmera digital que possuo,
recurso tal que há nas câmeras eletrônicas, chamado de sobreposição de imagens.

Nas cãmeras eletrônicas assim como nas mecânicas, é possível realizar
várias imagens num mesmo fotograma , e assim criar novas realidades.

Alguns pricípios conceptivos (por quem não domina o tratamento de imagens)
form estabelecidos para a execução deste trabalho: a existência concomitante
dos elementos Reflexivo e Translúcudo, ambiente urbano,
ausência completa de tratamentos digitais posteriores à captação,
não interferência física nos elementos da imagem pelo fotógrafo.

Outras semelhanças poderão ser observadas na amplitude do trabalho,
porém estas foram surgindo aos poucos,  não faziam parte da
pré-concepção da série SOBREMUNDO.

Giorgio D´Onofrio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: